Procurar
Close this search box.
logo_fff

Próximos Eventos

Assembleia Geral Ordinária

Nos termos do disposto no art. 22º do Compromisso da Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Albufeira, convocam-se todos os irmãos para a Assembleia Geral Ordinária, que terá lugar,

Ler Mais »

Participação no Guia Natal

É possível fazer com que as compras de Natal sejam, também, solidárias. Nos dias 25 e 26 de novembro, estaremos no mercado natalício do “Guia Natal”. No mercado poderá encontrar

Ler Mais »

Misericórdia de Albufeira comemorou 523º anos

A Santa Casa da Misericórdia de Albufeira (SCMA) celebrou na passada terça-feira, 31 de maio, 523 anos de história. Uma história com mais de cinco séculos de trabalho e que, ainda hoje, se mantém num contexto de modernidade e de inovação. Em tempo de pandemia, o dia de aniversário foi celebrado visando salvaguardar o bem-estar de todos os que compõem esta alargada família, preservando a sua identidade e simbolismo.

A habitual Celebração Eucarística foi transmitida em streaming, em direto do Centro Paroquial de Nossa Senhora da Fátima nos Olhos d’Água. Durante a celebração, o Cónego José Rosa Simão evocou a origem do movimento das Misericórdias e manifestou o seu regozijo pelo facto de haver instituições que assumem o legado espiritual de cuidar dos mais debilitados “com um coração compassivo.”

A Provedora da SCMA destacou a capacidade histórica da instituição se adaptar e reagir às adversidades.

“Estes dois últimos anos para além de ficarem escritos nos livros ficarão gravados nos nossos corações, fomos chamados a um trabalho suplementar de auxílio aos mais necessitados. Combatemos um inimigo que também se instalou dentro da nossa casa. Tal como os nossos antecessores destes mais de 500 anos de história, sobrevivemos e estamos mais fortes. É esta a nossa história!  Somos colocados à prova e com a graça de Deus superamos os desafios, e continuamos a obra.”

Numa altura em que mais responsabilidades são exigidas à instituição, Patrícia Seromenho reforçou ainda atualidade da missão institucional.

“A tradição das obras de Misericórdia encontra hoje uma renovada atualidade que não pode perder o essencial. No evangelho de hoje escutaremos Maria “partiu apressadamente”, partamos nós também ao encontro dos nossos, e partilhemos com eles o nosso afeto o nosso sorriso e o nosso abraço.  Nestes tempos difíceis que novamente se avizinham, reavivar a nossa identidade traduzida nas obras de misericórdia significa, sobretudo, dedicar o nosso humanismo na relação com o próximo, procurando nele o rosto de Cristo. Que sejamos gratos pela vida e pelo amor de Cristo que nos une.”

Significativo foi o momento de bênção das colaboradoras gestantes e que deram à luz em 2022. Andreia Barros, Leila de Mello e Lúcia Barracosa receberam igualmente um kit com produtos essenciais para bebés, num gesto singelo de carinho.

Muito nos honrou a presença de utentes, colaboradores, membros dos órgãos sociais, e diversos representantes de entidades oficiais.

Os presidentes das juntas das freguesias do concelho de Albufeira, Dinis Nascimento da Freguesia da Guia, Jorge do Carmo da Freguesia de Ferreiras e João Guerreiro da Freguesia de Paderne, marcaram presença. Assim como Indaleta Cabrita Presidente da Junta de Freguesia de Albufeira e Olhos de Água, que ao tomar a palavra expressou a disponibilidade de apoiar a instituição na sua missão de ajuda ao próximo.

“O conceito de Misericórdia está todos os dias no nosso coração. Nós estamos e estivemos presentes nestes últimos dois anos (…) Eu aprendi a ver certas situações com outros olhos. Fiz várias visitas nessa altura e hoje valorizo cada vez mais o trabalho destas instituições. Parabéns à SCMA. Basta nos baterem à porta que nos a abrimos. Tem ido sempre assim, e assim vai continuar a ser.”

Armindo Vicente, Provedor da Misericórdia de Vila do Bispo e Presidente do Secretariado das Misericórdias de Faro focou a sua intervenção naqueles que são a nossa razão de ser: os utentes.

“Este aniversário é totalmente dirigido para vocês. O movimento das Misericórdias só existe, porque existem pessoas. (…) Sempre que qualquer funcionário não entender que temos de ser humildes, temos de ser carinhosos e que a nossa essência está no serviço, não entende a essência deste grande movimento. Hoje é uma honra estar presente porque cada vez que venho aqui vejo dinamismo, cuidado, e sempre evolução.  Não há melhor exemplo no Algarve e também nacional do que o exemplo da SCMA. Viva a SCMA e o trabalho que fazem!”

Ao parabenizar a Instituição,  Margarida Flores, diretora do Centro Distrital do Instituto da Segurança Social de Faro, referiu: “a SCMA foi um exemplo, não só da forma resiliente como se readaptou e se reinventou à todas as regras impostas em fase de pandemia, mas também na forma como junto com o secretariado regional se articulou com o ISS no sentido de colmatarem algo que  corria menos bem noutras Santas Casas. Desejamos mais 500 anos e que a Santa Casa continue a ser um grande parceiro.”

Por último, e em representação do Município, a vereadora Cláudia Guedelha culminou a sua intervenção por salientar a importância da proximidade no trabalho de parceira.

“Nós passamos por uma experiência muito difícil nestes dois últimos anos, mas também nos aproximou e ensinou-nos a trabalhar em equipa. Não posso deixar de dirigir uma palavra aos funcionários, porque estive de perto sempre online a acompanhar com a Sra. Provedora todo o esforço. (…)  Neste nundo difícil que estamos a atravessar e onde se verificam mais dificuldades económicas e maior sofrimento, temos que mais uma vez estarmos juntos. Não é de costas viradas que nós construímos um futuro melhor. Mas sim juntos nesta equipa diversificada com opiniões diferentes, mas unidos pela causa que foi falada hoje que é a Misericórdia.”

Para encerrar a comemoração, os presentes dirigiram-se para o espaço exterior do Centro de Dia, onde decorreu o corte do bolo de aniversário e brinde comemorativo. Refira-se que nas restantes Repostas Sociais decorreram atividades comemorativas.

Pretende-se que no futuro, as próximas comemorações possam decorrer nas diferentes juntas de freguesia do concelho. Prevê-se assim a realização do próximo aniversário na Junta de Freguesia da Guia.

Traduzir »