Procurar
Close this search box.
logo_fff

Próximos Eventos

Campanha “IRS Solidário”

A sua ajuda faz a diferença na vida dos nossos utentes. Antes de submeter a sua declaração de IRS saiba que a consignação do IRS permite-lhe encaminhar uma parte do

Ler Mais »

Assembleia Geral Ordinária

Nos termos do disposto no art. 220 do Compromisso da Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Albufeira, convoncam-se todos os Irmãos para a Assembleia Geral Ordinária, que terá lugar

Ler Mais »

Apresentação dos resultados finais do Projeto ECOS

Os resultados do Projeto ECOS – Oficina Ecológica de Cooperação Social foram apresentados durante a sessão de encerramento do projeto, realizada em Albufeira. O projeto cumpriu e ultrapassou a meta contratualizada de redução da pobreza ou exclusão social no concelho de Albufeira, com de 114% de cumprimento da meta, e estima-se, através de uma análise SROI, que gerou mais de um milhão e meio de euros em valor social, com uma relação de cerca de 2:1 para o investimento social.

O Projeto ECOS constituiu uma iniciativa de Inovação e Empreendedorismo Social (IIES) da Santa Casa de Misericórdia de Albufeira, aprovado pelo Programa CRESC Algarve 2020. O projeto decorreu durante 3 anos no concelho de Albufeira, período durante o qual desenvolveu e aplicou um modelo de intervenção social inovador, que evidenciou ser muito eficaz. A sessão de encerramento foi efetuada nas instalações do ECOS, no Vale paraíso, no dia 28 de setembro de 2023.

O evento de encerramento do projeto decorreu com a participação das entidades promotoras, dos parceiros e do financiador do projeto e com a assistência de muitos participantes do projeto. A sessão foi presidida pela Provedora Patrícia Dias Seromenho e os resultados apresentados pelo Coordenador do Projeto Pedro Brazão. Durante o evento foi atribuído o Selo de Responsabilidade Social ECOS a entidades doadoras do concelho, que não eram da área social, e foram entregues Certificados de Responsabilidade Social ECOS aos parceiros, como forma de reconhecimento e de reforço da rede de parceiros do ECOS.

Importante ainda destacar que o evento contou com as comunicações da Vice-Presidente da Portugal Inovação Social Marta Albuquerque, do Presidente da CCDR Algarve José Apolinário, do Presidente da Câmara Municipal de Albufeira José Carlos Rolo e da Diretora do Centro Distrital de Faro da Segurança Social Margarida Flores.

Transcrevem-se, a seguir, excertos das declarações dos/as oradores/as convidados/as.

“… Nós desenhamos um projeto ambicioso, sem prever que a COVID-19 vinha. Nós reinventamo-nos na forma de fazer e adaptamos o conjunto de atividades. Apesar dos desafios, o sucesso do ECOS deveu-se a uma determinação de todos nós, da Misericórdia, dos parceiros e da capacidade de adaptação de todos os beneficiários. (…) Tenho de destacar que ao Município de Albufeira se deve uma distinção. Deve ser um modelo a replicar, não só na região, mas a nível nacional, pela forma como que vê o setor social e como vê as instituições no território. Vê-nos como parceiros efetivos, sem medir forças ou protagonismos. Estamos cá para o mesmo: servir as pessoas …”

Patrícia Seromenho, Provedora da Misericórdia de Albufeira

“… É uma honra poder assistir aos resultados alcançados e, principalmente, ao impacto social que teve este projeto em toda a comunidade. Hoje, o Portugal Inovação Social não é uma iniciativa pioneira, já ultrapassamos o patamar do pioneirismo. Não somos apenas uma referência nacional, no que se refere a construção de políticas públicas relacionadas com a inovação social. Hoje somos o sorriso de todos os destinatários destas iniciativas, de todos aqueles que participaram no projeto, dos que fizeram parte das equipas e daqueles que conseguiram melhorar o seu bem-estar. O impacto positivo destes projetos na sociedade é o maior benefício que nos podemos recolher, principalmente para levar aos parceiros e para melhorar propostas …”

Marta Albuquerque, Vice-Presidente da Portugal Inovação Social

 “… A Europa precisa que os fundos europeus cheguem junto das pessoas e que tenham resultados úteis para garantir inclusão social e respostas sociais. Nós valorizamos muito estes projetos de inovação social, que nasceram a partir de uma equipa que criou uma estrutura de missão para o Portugal Inovação Social. Este projeto foi apresentado como um projeto piloto e inovador à escala europeia. Por isso, eu quero felicitar a equipa que manteve de pé este projeto e as suas iniciativas. Albufeira foi um dos municípios onde dinamizaram-se mais projetos em concreto … Agora temos de ver o dia seguinte. Nós somos um território onde temos um grande número de cidadãos não nacionais. Nós somos um território com um risco de pobreza superior à média nacional. Nós somos um território que precisa trabalhar o tema da inclusão social, ligado ao sucesso educativo e às qualificações. Por isso estes projetos são para continuar …”

José Apolinário, Presidente da CCDR Algarve

“… Os resultados deixam ver uma dedicação extrema, não só dos colaboradores, mas também dos dirigentes, dos parceiros e dos utentes. 18000 ações é um número bastante lisonjeiro. Quero felicitar a apresentação dos resultados, porque muitas vezes investe-se dinheiro e depois não se vêm os resultados. Aqui foi apresentado um modelo que pode ser replicado. Neste projeto convergem, quer os investidores sociais quer as entidades europeias, e as entidades locais. Depois, diverge para a comunidade e para as pessoas. Isto é o que se chama uma trilogia e o triângulo é um dos polígonos mais resistente e mais forte que existe na geometria … Temos a certeza que a Misericórdia de Albufeira irá corresponder aos avisos abertos, para que a Câmara Municipal possa ser uma vez mais investidora social. Reforço à Sra. Provedora que pode contar com a CMA e com todos nos que nela colaboram …”

José Carlos Rolo, Presidente da Câmara Municipal de Albufeira

“… A SCMA teve a resiliência de manter este projeto num período tão difícil para as pessoas. Quando todos foram para casa, a rede social que ficou. Há que agradecer a forma como estiveram no terreno com as pessoas … A Segurança Social cruza com este projeto, nestas três vertentes: gestão financeira, capacitação e envolvimento social. Queria dar-vos conta, enquanto responsável do Centro Distrital do ISS, que agimos para que este projeto fosse replicado. Aqui trouxemos a Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Catarina Marcelino, para uma reunião da Comissão de Coordenação da Cooperação do Algarve, onde está representado o Secretariado Regional das Misericórdias do Algarve e a União Regional das IPSS. Reunimos neste espaço para dar conta de como a inovação social cruza com a missão do ISS. Este projeto foi visitado por todos os diretores da Segurança Social do país. Todos foram daqui muito entusiasmados com este projeto … Agradeço a honra de encerrar esta sessão, dizendo que é uma honra de trabalhar ao lado de instituições como esta.  A Segurança Social será sempre um parceiro de que sempre tenha em foco o bem-estar das pessoas …”  

Margarida Flores, Diretora do Centro Distrital de Faro do Instituto de Segurança Social

Para mais informações sobre o projeto, faça clique nas hiperligações em baixo.

Traduzir »